termoterapia

  A utilização do calor como beneficio para o organismo, tanto na área da saúde, como na área da estética, é relatada na história da humanidade no primórdios da civilizações até os dias de hoje. O corpo humano possui a característica de ser homeotérmico, ou seja, mantém a temperatura dentro de certos limites ( perto dos 36º C) , para o perfeito funcionamento.Quando surgem alterações na temperatura, o corpo reage e tenta compensar, recorrendo a mecanismos de termoregulação tais como a  hiperventilação pulmonar, a vasodilatação e o aumento da transpiração.
O aumento do calor no organismo desencadeia um conjunto de efeitos fisiológicos.
 
 Na célula: O calor é uma forma de energia que aumenta as reações químicas do organismo, elevando a demanda tissular por oxigênio e nutrientes, além de aumentar a eliminação de resíduos metabólicos.
 
No sistema circulatório: Leva a uma dilatação de arteríolas e capilares que produzem hiperemia(vermelhidão) no local afetado, com benefícios como aumento de capilarização, aumento de oxigenação e nutrição tecidual, aumento da reabsorção de líquidos e detritos do metabolismo.
 
No tecido adiposo: Produz um aumento do catabolismo das células adipócitas, aumenta o metabolismo de 20% a 30% em relação ao metabolismo normal.
 
A termoterapia é uma importante aliada nos tratamentos de gordura localizada, celulite e dexintoxicação.