Água Sass

 
 
 
Depois das festas de final de ano, onde literalmente enfiamos o pé na jaca, nosso organismo pede uma ajudinha. E a água Sass pode ser uma boa aliada.
Ela é uma bebida criada pela nutricionista Cynthia Sass, para ajudar a dexintoxicar o organismo. 
Trata-se de uma combinação de ingredientes que, além de dar um gostinho especial, ajuda a acalmar o trato gastrointestinal e a reduzir o inchaço.

Ingredientes

­- 2 litros de água
- 1 col. (chá) de gengibre moído na hora
­
- 1 pepino médio descascado e cortado em fatias f­inas
- 1 limão médio cortado em fatias f­inas
­
- 12 folhas de hortelã

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes em uma jarra e leve à geladeira de um dia para o outro. Consuma toda a preparação ao longo do dia.

Tipos de Corpo.

Descubra qual seu tipo de corpo, e que usar para valorizar ainda mais suas curvas!

 

Triângulo invertido

 
 
 
O volume maior da sua silhueta está concentrado na parte de cima do corpo. Os ombros são sempre maiores do que os quadris. A cintura tende a ser reta, a barriga, saliente, as costas largas, e as pernas, longas e finas, porém bem desenhadas.
Para equilibrar a sua silhueta, você precisa suavizar o peso do tronco, fazendo os ombros parecerem menores, e os quadris, mais volumosos. Outra saída possível é desviar os olhares do alto do corpo, valorizando o seu ponto forte: as pernas.
Para alcançar esse objetivo, procure usar blusas de tecidos molengas, cores neutras e decotes estreitos e profundos para dar leveza ao tronco. Para destacar os quadris, prefira peças estampadas, bolsos ou detalhes chamativos nessa região. E lembre-se de que, com saias, vestidos e bermudas, suas pernas bonitas ganham destaque.
 
 
 
 
Pêra
 
 
 
Já ouviu falar da forma clássica da brasileira ou do corpo violão? Pois esse é o tipo pera. Os ombros são menores do que os quadris. Cintura e braços são finos e bem desenhados, e os seios, de pequenos a médios.
O mais importante para a silhueta tipo pera é equilibrar o tamanho dos ombros com o dos quadris e atrair os olhares para a parte de cima do corpo. É fundamental marcar a cintura, ainda que de forma leve. Isso deixará sua silhueta mais magra. Outra preocupação deve ser alongar o corpo, especialmente se você estiver acima do peso ideal.
Blusas chamativas, lenços, colares e broches são escolhas certeiras para atrair os olhares para os ombros. Faixas, pences e cintos marcam a cintura. Para diminuir os quadris, aposte em calças, saias e bermudas secas e retas. Cores escuras nessa região também são favoráveis. Aproveite os braços finos e deixe-os à mostra com blusas de mangas curtas ou alças finas.
 
 
 
 
Oval 
 
 
Geralmente, a mulher de silhueta oval está acima do peso ideal para a sua altura. Todas as linhas são curvas e o pescoço é largo. A cintura, em alguns casos, pode ser maior ou estar na mesma linha dos ombros e quadris
Você precisa afinar a silhueta, esconder a barriga e chamar a atenção para as áreas mais finas do corpo, como pulsos, colo e tornozelos, além de criar uma falsa cintura. Outra proposta interessante é chamar a atenção para o rosto e também valorizar as suas pernas.
Túnicas, camisas, blazers usados abertos e blusas com decotes ou detalhes verticais são ótimas opções para disfarçar a barriga. Procure sempre deixar a pele à mostra, seja a do colo, seja a dos braços. Decotes em V e mangas curtas destacam essas regiões. Nunca use roupas muito fechadas, como mangas compridas e gola alta. É importante afinar principalmente as coxas e os quadris. Mulheres de pernas bonitas e torneadas devem valorizá-las com saias e vestidos na altura dos joelhos.
 
 
 
 
Retângulo
 
Ombros, quadris e cintura estão na mesma linha na sua silhueta. As formas costumam ser magras e com poucas curvas. Suas pernas geralmente são finas e, quando você ganha peso, o excesso se distribui de maneira equilibrada.
Seu ponto de ação deve ser focado na falta de curvas. Você pode tanto apostar em artifícios para criar a ilusão de formas, como usar as roupas para esconder ou, pelo menos, desviar os olhares de pontos como a cintura. Além disso, por causa das formas retas, é importante deixar sua aparência mais feminina.
Você pode abusar dos recortes, dos cintos e das faixas para criar uma falsa cintura. Blusas soltas são ótimas escolhas para esconder a falta de curvas. Outra boa alternativa é valorizar a região do colo com decotes, colares ou detalhes de modelagem, como babados e pregas. Assim, os olhares serão desviados de suas formas retas. Aumente os quadris usando saias evasês e calças com bolsos volumosos. Isso é ótimo, pois cria um contraste com a cintura, fazendo-a parecer mais fina.
 
 
 
Ampulheta
 
 
As suas formas são conhecidas como ideais. Ombros e quadris estão na mesma linha. Os seios são médios, e as curvas, suaves e proporcionais. O ponto forte do corpo é a cintura fina.
O importante para você é valorizar as suas formas, que são bonitas e harmônicas por natureza, mas com muito cuidado para não modificá-las. Por isso, é importante sempre manter a cintura marcada. Caso contrário, seu corpo perderá as curvas e a sua imagem vai parecer retangular.
Por isso, escolha blusas e vestidos com pences para realçar as curvas. Use casacos com cintos. Valorize os braços bonitos com regatas, blusas sem mangas e decotes tomara que caia. Alongar as pernas é sempre uma boa opção para deixar a silhueta elegante. Aposte nas calças feitas com tecido de padronagem risca-de-giz e nas saias com bainha logo acima dos joelhos.
 
 
 
 
Fonte: Manequim
Desejo a vocês um lindo NATAL cheio de amor, paz, luz e que nos lembremos sempre seu verdadeiro sentido. Parabéns Jesus!

Tratamentos para Estrias


 




Não há ainda hoje um tratamento que acabe 100% com as estrias. A resposta ao tratamento varia de cada individuo e também da fase evolutiva em que se encontra a estria.
Então antes de iniciar qualquer tratamento é importante que seja feita uma avaliação, para que possa ser escolhido o melhor tratamento e se obtenha um resultado satisfatório.
 
Microdermoabrasão: Procedimento de fácil realização, seguro e de baixo custo. A técnica consiste na projeção de cristais de óxido de alumínio ou cloreto de sódio, associado a sucção, promovendo abrasão superficial. Os resultados vão depender do número de passadas e da pressão utilizada e do número de sessões de tratamento, que podem ser feitas com intervalo de uma semana ou mais.

Peeling: O peeling químico, também conhecido como quimioesfoliação, consiste na aplicação de um ou mais agentes esfoliantes na pele, resultando na destruição de partes da epiderme e/ou derme, seguida de regeneração dos tecidos epidérmicos e dérmicos. Essas técnicas de aplicação produzem uma lesão programada e controlada com coagulação vascular instantânea, resultando no rejuvenescimento da pele com redução ou desaparecimento das ceratoses e alterações actínicas, discromias pigmentares, rugas e algumas cicatrizes superficiais. A escolha do agente ou da técnica específica a ser usados depende do conhecimento da profundidade da lesão para que se possa escolher um agente que não produza esfoliação desnecessariamente mais profunda do que a própria alteração a ser tratada; pode ser realizado com várias substâncias, isso vai depender de dois fatores importantes: quadro clínico apresentado e fototipo cutâneo.
 
Carboxiterapia: Esta técnica utiliza a injeção subcutânea de dióxido de carbono com o objetivo de promover vasodilatação e consequente aumento de aporte de oxigênio ao tecido.

Luz intensa pulsada (LIP): É uma luz não laser, não coerente, que emite espectro de comprimento de onda variando de 515 a 1200nm, de acordo com os filtros utilizados. Sua fonte emite uma luz policromática de alta intensidade. A LIP age nos vasos sanguíneos, melhorando o eritema das estrias recentes. O espessamento epidérmico e especialmente o dérmico justificam a melhora também das estrias brancas.

Galvanopuntura: A galvanopuntura esta baseada na compilação dos efeitos intrínsecos da corrente contínua (galvânica), que é utilizada por um equipamento em forma de caneta com uma pequena agulha na ponta através da qual promove uma inflamação aguda localizada, sem qualquer efeito sistêmico, mas extremamente eficiente na regeneração do tecido rompido, promovendo por sua contratura, o aumento na produção do colágeno e por sua vez o estreitamento das estrias, assim, tornando-as imperceptíveis.
A inflamação provocada pela corrente não tem nenhum efeito sistêmico, poucos minutos após a aplicação a estria fica edemaciada e hiperêmica (com edema/inflamada), responsável pela vasodilatação e aumento da permeabilidade dos vasos. Toda a zona é preenchida por um exudato (matéria resultante de processo inflamatório) composto de leucócitos, eritrócitos, proteínas plasmáticas e fáscias de fibrina, e o processo de epitelização (processo de união das células) começa simultaneamente e é absorvido em um período de dois a sete dias, o que limita o tratamento a apenas uma aplicação semanal.

Esses são apenas alguns tratamentos encontrados tanto na área médica quanto estética para estrias. Como já disse no começo desse post, antes de iniciar qualquer tratamento é importante fazer uma boa avaliação, saber quais suas contra indicações e conversar com o profissional que vai aplicar o tratamento sobre suas expectativas.


Bom fim de semana

Vou dividir com vocês dicas muito importantes de uma nutricionista para ter uma pele linda e saudável.
 
 
Gostaram das dicas, que fofa né?

Estrias


As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade).
 
É uma atrofia tegumentar adquirida, de aspecto linear, algo sinuoso, em estrias de um ou mais milímetros de largura, a princípio avermelhadas, depois esbranquiçadas e abrilhantadas (nacaradas). Raras ou numerosas, dispõem-se paralelamente uma às outras e perpendicularmente às linhas de fenda da pele, indicando um desequilíbrio elástico localizado, caracterizando, portanto, uma lesão da pele. Apresentam um caráter de bilateralidade, isto é, existe uma tendência da estria distribuir-se simetricamente em ambos os lados.
 
As estrias são ditas atróficas pelas características que apresentam, já que atrofia é a diminuição de espessura da pele, decorrente da redução do número e volume de seus elementos e é representada por adelgaçamento, pregueamento, secura, menor elasticidade, rarefação dos pelos.
 

Surgem a partir da adolescência ou durante a gravidez. Não ocorrem em condições normais em pessoas acima de 45 anos, nem tampouco são comuns em pré-púberes. Recentemente, tem se observado o aparecimento de estrias em mulheres mais velhas durante os tratamentos de reposição hormonal. Sua maior prevalência ocorre na faixa etária dos 14 aos 20 anos (55-65% em mulheres e 15-20% em homens). É cerca de três vezes mais frequente no sexo feminino do que no masculino, onde também são mais discretas. Na mulher, as localizações mais predominantes são nádegas, abdome e mamas, enquanto nos homens predominam no dorso, na região lombossacra e parte externa das coxas. Existe, no entanto, uma grande variação na distribuição, bem como no acometimento de outras regiões, como raízes dos membros superiores, axilas e tórax. Pode-se afirmar que as estrias surgem perpendicularmente ao eixo de maior tensão da pele e que acompanham, grosso modo, as linhas de clivagem da pele (linhas de Langer). Tendem à simetria e à bilateralidade.
 
Estão também diretamente relacionadas com a obesidade e, especialmente, com rápido ganho de peso. Estrias também têm sido associadas à prática de fisiculturismo, sendo nestes casos as áreas mais frequentemente acometidas a face anterior dos ombros, porção inferior do dorso e coxas. Com o aumento da utilização de próteses mamárias nos últimos anos, temos observado, em nossa prática diária, o surgimento de estrias por estiramento da pele da mama, já sendo encontrados relatos na literatura.
 

Fonte: Kede e Sabatovich
No inicio, ocorre um processo inflamatório que pode ser intenso, mononuclear e predominantemente perivascular. A derme pode apresentar se edematosa. Recentemente, verificou se que as alterações iniciais se estendem por até 3 cm além da borda da estria, ocorrendo elastólise e degranulação dos mastócitos, seguidas de afluxo de macrófagos em torno das fibras elásticas fragmentadas. Nas fases mais tardias, a epiderme encontra-se atrófica e aplainada, e na derme as fibras elásticas estão bastante alteradas e as colágenas dispõem-se em feixes paralelos à superfície na direção da presumida força de distensão. A patologia é semelhante à de uma cicatriz; no entanto, através da microscopia eletrônica observa-se que os fibroblastos estão praticamente destituídos de organelas de síntese (complexo de Golgi e retículo endoplasmático rugoso), no entanto nas cicatrizes estão bem desenvolvidas.
 



Como prevenir:
 
- O principal cuidado que precisamos ter na prevenção de estrias, refere-se ao hábito de hidratar a pele diariamente. Se você tem uma tendência a ter estrias é necessário que este hábito se transforme em um ritual diário. Utilizar bons cremes com bases hidratantes, ricos em colágeno, elastina, óleos vegetais e outros agentes hidratantes é essencial à saúde da pele e certamente lhe garantirá excelentes resultados.

- Bons hábitos alimentares, garantem ao nosso organismo a capacidade de renovação celular e consequentemente favorece ao surgimento de um tecido mais firme e de maior qualidade que suporte às oscilações de peso, alterações hormonais dificultando desta forma o surgimento de estrias. Uma alimentação de qualidade para prevenção de estrias dever ser composta minimamente de dois compostos. O primeiro deles é o colágeno e o segundo seria a vitamina C. as razões para que a alimentação seja rica em colágeno são mais do que evidentes, pois quando falamos em estrias o colágeno é praticamente um sinônimo. O colágeno garante a nossa pele a elasticidade natural o que não permite o estiramento da mesma e consequentemente não permite a formação das estrias. O colágeno deve ser consumido diariamente (10 gramas ) ao dia, de modo que forneça um aporte necessário ao nosso organismo.

- Em relação a vitamina C, não podemos deixar de falar a respeito dela, tendo em vista que a vitamina C é indispensável para a síntese de fibras colágenas da pele. Para se obter a síntese de colágeno endógeno precisamos incorporar o hábito de ingerir vitamina C diariamente. A vitamina C, juntamente coma ingestão de colágeno garantem a nossa pele o viço necessário para prevenção das estrias.
 
- Hidratar se também de dentro para fora, é necessário o consumo de 2 litros de água por dia.
 
- Evite banhos quentes que ressecam a pele.
 
- Atividade física moderada como, correr, nadar, andar de bike, pilates.
 
Pesquisando na net, encontrei esta figura que explica bem e de maneira simples o que são as estrias.



fonte figura: site G1

Câncer de mama

Olá meninas o mais que estética é focado em saúde e não poderia ficar de fora de uma campanha tão importante como esta.
O câncer de mama é uma das principais causas de morte de mulheres entre 35 e 54 anos, tanto no Brasil quanto no mundo. Este tipo de câncer ocorre quando as células da mama começam a se dividir e se multiplicar rápida e desordenadamente, formando um tecido denominado tumor. Entre os fatores de risco que influenciam no desenvolvimento do câncer de mama, estão: sexo, idade, fatores hormonais, consumo excessivo de álcool, obesidade, entre outros. As melhores formas de prevenção deste câncer são a apalpação – tanto o exame médico quanto o auto-exame – e a mamografia.
Quando o assunto é câncer de mama, logo lembramos do auto-exame. Ele é a principal defesa na luta contra a doença, mas poucas mulheres sabem como ele deve ser feito corretamente. Quando detectado ainda no início, a doença tem cura. Daí, a importância auto-exame. A mulher acostumada a se examinar percebe facilmente quando surge algum nódulo.
O auto-exame deve ser feito, todos os meses, uma semana após a menstruação, período em que a mama pode ficar inchada e dolorida. As mulheres que já estão na menopausa devem fazer o exame no primeiro dia do mês. A técnica é simples e demora menos de quinze minutos. Durante o auto-exame, você deve examinar a existência de tumorações, feridas, secreções pelos mamilos, diferenças no tamanho das mamas e alterações na pele.
 
 
 
Então vamos lá meninas, fazer o auto-exame.
 

Suco desintoxicante


Tem coisa melhor do um suco que além de desintoxicar o organismo ainda ajuda a secar a tão indesejada barriguinha?
 
Receita:
3 Folhas de couve-manteiga
1/2 Maça verde
1 Talo de salsão
1 Fatia de abacaxi
1 xícara de água de coco
 
Algumas informações
 
Os vegetais em geral, por conter quantidades variáveis de antioxidantes, atuam no processo de desintoxicação por ter uma ação antiinflamatória (garante uma maior capacidade às células de realizar a eliminação das toxinas).
O salsão e a couve, têm substâncias antiinflamatórias e antioxidantes.
Já o abacaxi é energético e contém vitaminas do complexo B, ácido pantotênico e vitamina A. Tem efeito antiinflamatório, diurético e digestivo, pois possui uma substância no miolo chamada bromelina.

BB cream

 
Olá meninas, hoje vou falar um pouquinho do BB cream, experimentei mais como FPS e fiquei encantada, na minha pele funcionou até como base. Sei que muita gente já conhece ou já ouviu falar, mas sei também que tem quem nem saiba do que se trata.
Blemish Balm Cream(BB Cream), sua história começa na Alemanha, e não no Japão ou Coréia como muitas pessoas pensam. Ele foi desenvolvido por médicos dermatologistas alemães e usado inicialmente para a regeneração e proteção da pele para os pacientes que se submeteram a algum procedimento a laser, ajudando a deixar a pele protegida do sol e proporcionando uma cobertura excelente das cicatrizes pós-laser.
Embora tenha sido inventado na Alemanha, ele se tornou mais popular foi com as Coreanas e Japonesas por causa dos atores em suas peças de teatro que precisavam ter uma cobertura perfeita da pele. A atriz Song Hye Kyo foi a primeira a usar esse produto e até hoje ela é a garota propaganda dos BB Cream da marca Missha.
 
Os beneficios variam de acordo com a marca, mas no geral são:
Regeneração cutânea; clareamento progressivo da pele; proteção e tratamento da pele; uniformização do tom da pele; deixa a pele com aspecto mais natural; cobertura perfeita e não obstrui os poros; hidrata muito bem a pele; esconde qualquer pigmentação, acne ou outra mancha do rosto; possui proteção solar UV variando o fator que vai do 15 ao 50 FPS.
 
Quem pode usar
Inicialmente, qualquer pessoa pode usar o BB Cream. A maioria deles é hipoalergênico, possui textura leve e é adequado até para as peles mais sensíveis. Mas nem todos são oil-free, uma informação importante para quem possui a pele oleosa e com tendência a acnes. Apesar disto, existem produtos especialmente formulados para estes dois últimos tipos de pele.
Um aspecto chato com relação ao BB Cream é a questão da cor. Embora o BB Cream possa ser utilizado como um substituto para a base, suas tonalidades restringem-se às orientais, onde o produto é mais difundido(algumas empresas nacionais como a árago dermocosméticos já lançaram seu BB cream). Com isso as pessoas com a pele negra terão dificuldades em se adaptar ao produto. Mas para quem tem a pele clara ou morena pode tentar chegar à um tom próximo ao da sua pele, algumas marcas possuem uma variedade maior de cores, mas se isto não for possível, você pode igualar o tom, usando um pó solto ou compacto de sua preferência (algumas marcas inclusive, recomendam que a finalização seja feita com um pó, para ajudar no controle da oleosidade e para aumentar a duração do produto).
Para escolher o BB Cream na cor exata, use a mesma técnica da base escolha sempre na mesma tonalidade da sua pele. Um jeito prático de fazer isso é escolhendo duas tonalidades de BB Cream que se aproximem do seu tom. Aplique o produto formando duas listras, uma perto da outra, na região do maxilar. Você vai perceber imediatamente se uma está muito clara. Deixe o cosmético por cerca de 5 minutos. O tom que desaparecer é o certo para você.
 
Como usar BB Cream?
Do mesmo modo que você usa uma base, ou seja, após a limpeza da pele, tonificação, hidratação e do filtro solar. Você deve aplicar uma pequena quantidade em cinco pontos do rosto como testa, nariz, queixo e bochechas e espalhar do jeito que preferir com um pincel ou com os dedos, da maneira que você achar melhor.
 

 
Existem varias marcas estão disponíveis no mercado.

 

Lembre-se: sempre que for escolher um cosmético, procure sempre o mais apropriado ao seu biotipo cutâneo.

Colágeno

 

 

1. O que é?
O colágeno representa 25 % de toda proteína do organismo humano e é o principal componente protéico de órgãos como pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões. Sua principal função é estrutural, proporciona sustentação às células , mantendo-as unidas. Fortalece os tecidos, promove elasticidade e resistência à pele , aos músculos, tendões, meniscos, ligamentos, veias, vasos e artérias, realiza a distribuição de fluídos em vasos sanguíneos e linfáticos. “No tecido cardiovascular, forma uma rede através das artérias e dá a elas um maior poder de expansão e proteção de possíveis lesões”, esclarece a especialista em Obesidade e Emagrecimento Renata Rothbarth.
 
2. Em que alimentos ele é encontrado?
As principais fontes de colágeno são os alimentos ricos em proteína de origem animal como carne, frango, peixe e ovos. Para melhorar a produção do colágeno, a dica é aumentar fontes de vitamina C presente em frutas como acerola, caju, limão, abacaxi, kiwi, morango, pêssego, folhas verdes escuras; e fontes de vitamina E, selênio e zinco como avelãs, amêndoas e castanhas.

3. Quando é importante suplementar?
Apesar de ser produzido normalmente pelo organismo desde que nascemos, estudos mostram que a partir dos 30 anos o corpo sofre uma perda gradual de colágeno de algo em torno de 1% por ano, e aos 50, passa a produzir apenas uma média 35% do colágeno necessário para os órgãos de sustentação. Renata Rothbarth explica que pessoas que têm muita exposição ao sol, estresse e cigarro tendem a iniciar este processo de perda mais cedo e que as mulheres apresentam uma quantidade menor desta proteína no corpo.

“Supõe-se que esta seja uma das principais causas do envelhecimento, uma vez que com a diminuição do colágeno os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e ligamentos perdem sua elasticidade e força, e a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa”, aponta Dra. Jocelem. A deficiência de estrogênio que ocorre no sexo feminino por volta dos 45-50 anos faz com que haja uma diminuição da quantidade de fibroblastos , células responsáveis pela produção do colágeno . “Estima-se que com a menopausa haja uma perda média anual de 2% de colágeno”, explica.

É importante sempre procurar um especialista para avaliar suas necessidades nutricionais , porém homens e mulheres saudáveis acima dos 25 anos já podem iniciar a suplementação de forma preventiva. Idosos, crianças e gestantes devem obter recomendação médica.

4. Como é o consumo correto?
A quantidade recomendada pela especialista Renata Rothbarth é de 10g por dia de colágeno hidrolisado misturado a 200 ml de água ou sucos. A principal apresentação é em cápsulas ou pó — chamado colágeno hidrolisado — considerada a melhor forma porque proporciona mais saciedade e ajuda no controle de peso. As cápsulas devem ser consumidas durante as refeições e o pó (sachê), nos intervalos.

5. Benefícios para todo o organismo.
Dra. Jocelem Salgado cita pesquisas que mostram que o colágeno hidrolisado em pó contém uma série de fragmentos de proteínas que quando ingeridos são parcialmente digeridos e absorvidos, fornecendo aminoácidos fundamentais para a manutenção de ossos e a reconstituição ou regeneração de algumas articulações. “De acordo com pesquisadores da Unicamp, como o Prof. Jaime Farfan, o colágeno em pó permite que o nosso organismo mantenha uma quantidade de massa muscular adequada, ajudando o organismo a utilizar eficientemente suas reservas lipídicas e de açúcar. Além disso, é um eficiente aliado contra processos de flacidez tecidual e quando aliado a atividade física torna-se uma excelente fonte protéica capaz que sintetizar massa magra, mantendo assim o aspecto jovial do nosso corpo”, aponta.

De acordo com Renata Rothbarth, entre dois e três meses de consumo do suplemento já é possível perceber resultados como prevenção à celulite, flacidez e formação de rugas; melhor hidratação da pele, cabelos e unhas; prevenção e envelhecimento estético ; enrijecimento dos tecidos da pele; aumento da tonicidade dos músculos e auxílio no controle de peso.


6. Saúde dos ossos e articulações.
Em um artigo, Dra. Jocelem Salgado cita estudos com evidências de que a suplementação de colágeno hidrolisado apresenta benefícios para o tratamento de osteoartrites, osteoporose e prevenção de problemas articulares em atletas. Em estudos clínicos em vários países, os pacientes reportam uma redução significativa da dor. Além disso, pode-se evitar muitas vezes o uso de analgésicos e outros anti-inflamatórios.
 

7. Mitos, verdades e curiosidades.
• Mito - Reduz celulite: a celulite é resultado de um processo multifatorial, onde ocorre deficiência da circulação, retenção de água, acúmulo de gordura e processo inflamatório. Não age diretamente na celulite, mas permite que a pele tenha mais elasticidade.

• Mito - As apresentações em máscaras de gelatina (colágeno hidrolisado) deixam a pele mais bonita: a aplicação na superfície da pele não tem efeito, apenas uma ação hidratante temporária. Para apresentar os benefícios na elasticidade da pele, a gelatina deve ser ingerida.

• Verdade: não tem gordura, nem colesterol. É composto por proteína, sais minerais e água.

• Verdade: deixa as unhas mais fortes e os cabelos mais brilhantes. O colágeno é responsável pela cicatrização e regeneração dos tecidos. No caso das unhas e cabelos, ele forma uma matriz onde os minerais se fixam para deixá-los fortes, resistentes e brilhantes.

• O colágeno hidrolisado tem um efeito regenerativo em ossos e articulações. A dor da articulação pode ser reduzida com a ingestão de alimentos enriquecidos com colágeno hidrolisado. Com apenas 10g de gelatina por dia, obtém-se o fornecimento ideal desses aminoácidos tão importantes.

• Para ingerir quantidade de glicina contida em 10g de gelatina, é necessário beber, por exemplo, 3 litros de leite ou comer 160g de carne por dia.
 
Fonte: Revista Suplementação

Um lindo fim de semana!

Desejo á vocês um fim de semana lindo, cheio de alegria e fé, e com a certeza que Deus tem resposta pra tudo.
 
Você diz: "Isso é impossível"
Deus diz: "Tudo é possível" (Lucas 18:27)

Você diz: "Eu já estou cansado"
Deus diz: "Eu te darei o repouso" (Mateus 11:28-30)

Você diz: "Ninguém me ama de verdade"
Deus diz: "Eu te amo" (João 3:16 & João 13:34)

Você diz: "Não tenho condições"
Deus diz: "Minha graça é suficiente" (II. Corintos 12:9)

Você diz: "Não vejo saída"
Deus diz: "Eu guiarei teus passos" (Provérbios 3:5-6)

Você diz: "Eu não posso fazer"
Deus diz: "Você pode fazer tudo" (Filipenses 4:13)

Você diz: "Estou angustiado"
Deus diz: "Eu te livrarei da angustia" (Salmos 90:15)

Você diz: "Não vale a pena"
Deus diz: "Tudo vale a pena" (Romanos 8:28)

Você diz: "Eu não mereço perdão"
Deus diz: "Eu te perdôo" (I Epistola de São João 1:9 & Romanos 8:1)

Você diz: "Não vou conseguir"
Deus diz: "Eu suprirei todas as suas necessidades" (Filipenses 4:19)

Você diz: "Estou com medo"
Deus diz: "Eu não te dei um espírito de medo" (II. Timóteo 1:7)

Você diz: "Estou sempre frustrado e preocupado"
Deus diz: "Confiai-me todas as suas preocupações" (I Pedro 5:7)

Você diz: "Eu não tenho talento suficiente"
Deus diz: "Eu te dou sabedoria" (I Corintos 1:30)

Você diz: "Não tenho fé"
Deus diz: "Eu dei a cada um uma medida de fé" (Romanos 12:3)

Você diz: "Eu me sinto só e desamparado"
Deus diz: "Eu nunca te deixarei nem desampararei"

Chia, a super semente

O que é Chia?
 
 Também conhecida como Salvia Hispanica, é uma semente com propriedades nutritivas especiais.
Antiga e muito usada pela civilização Maia, a semente de forma oval, de tamanho pequeno (2 mm de comprimento) e sementes de cores acastanhadas, cinzentas, pretas e brancas (a variedade de sementes brancas é designada como Salba) da família das mentas, foi descoberta em terras colombianas e mexicanas há centena de anos, cuja composição nutricional e respectivos benefícios para a saúde, já são desde aquela época conhecidos, apesar de só mais recentemente se ouvir falar desta semente.
Durante séculos, a Chia formou o alimento base dos indígenas do sudoeste da América. Para os Maias, Chia significa força. Segundo a lenda deste povo, uma colher da semente é capaz de sustentar energeticamente uma pessoa adulta por 24 horas e ainda eram usadas como moeda, pois esses povos pagavam os seus impostos com as sementes de Chia.
 
A semente de Chia, possui:
 
- cinco vezes mais cálcio que o leite;
- Duas vezes mais potássio que as bananas;
- Três vezes mais antioxidantes que as famosas uvas-do-monte;
- Três vezes mais ferro que o espinafre;
- É uma fonte de proteína completa, que fornece todos os aminoácidos essenciais que o homem precisa;
- São também extremamente ricas em fibras, vitaminas e minerais, sendo a fonte vegetal mais rica que se tem conhecimento até hoje;
- Contém mais ômega 3 que o salmão ou a linhaça, se tornando um dos super alimentos mais potentes, funcionais e nutritivos do mundo.
 
A composição da chia pode ser comparada com a de outras sementes mucilaginosas como a linhaça e o psílio. Ao contrário da linhaça, a chia não contém fatores anti-nutricionais, fatores que no caso da linhaça limitam a sua utilização sem o cozimento preliminar. Fatores anti-nutricionais são os glicósidos cianogênicos ou linatina, que são antagonistas da vitamina B6, o que na realidade quer dizer que impedem a vitamina B6 de atuar no metabolismo. Além disso, a chia tem um sabor muito mais agradável do que a linhaça.
Atualmente a chia é cultivada para fins comerciais no México, Bolívia, Colômbia, Peru e Argentina.
 
Análise nutricional (100g):
 
Energia: 2471 KJ / 595 Kcal;
Proteínas: 16g;
Hidratos de carbono: 44g;
Lípidos: 31g.
 
Benefícios da Chia:
 
- As sementes de Chia são o sonho de quem faz dieta, pois eliminam a fome por aumentarem o seu volume evitando assim o desejo de ingerir mais alimentos e além disso limpam o corpo das toxinas dos intestinos;
- Elimina os desejos constantes de petiscar comida;
- Equilibram o açúcar no sangue, garantindo energia ao longo do dia e diminuindo o risco de diabetes tipo 2;
- Ajudam a regular o trânsito intestinal, previne divertículos (diverticulose), pois a sua fibra solúvel hidrata o cólon e facilita o movimento peristáltico;
- Ajuda a diminuir os níveis de colesterol e triglicéridos;
- São também muito benéficas para desportistas, pois por serem hidrofílicas, e absorverem até 10 vezes o seu peso em água, mantêm o corpo hidratado.
 
Dicas rápidas:
 
No caso de refluxo gastro esofágico, colocar 1 colher de chá de sementes de Chia num pouco de água, mexer e beber de imediato. Aguardar uns minutos e depois beber 1 copo cheio de água.
Isso ajuda a absorver o excesso de ácido.
Pode ser adicionada a sumos e batidos, iogurtes, saladas, cereais, sopa.
Pode ainda moê-las e adicioná-las na farinha para fazer pão.
Também pode usá-las como bebida fresca, colocando 2 colheres de chá de sementes de chia em 250 ml de água, mexendo e deixando repousar até criar um líquido ligeiramente gelatinoso.
Como as sementes conseguem absorver várias vezes o seu peso de água formando uma espécie de gelatina são ótimas como substituto do ovo.
Lembre-se: Não existem alimentos milagrosos! A semente de chia tem muitos benefícios para saúde sim, mas não é milagrosa! Ela auxilia no emagrecimento desde que combinada com hábitos alimentares saudáveis e atividade física!
 
 
                                                                            Fonte: Sementes da Chia

Entenda o que é celulite

Vamos entender um pouquinho a tão temida celulite.
 
Existem outros termos pelos quais a celulite também é designada: (FEG) fibroedema gelóide, (PEFE) panicolopatia edmatofibroesclerótica, lipodistrofia localizada, mesenquimatose, lipoesclerose e paniculose, mas o termo celulite é o mais conhecido popularmente.
É uma afecção que atinge cerca de 95% das mulheres. A celulite pode ser definida como uma infiltração edematosa do tecido conjuntivo que ocorre devido ao aumento do tecido adiposo que leva a compressão dos vasos sanguíneos e linfáticos fazendo com que esses últimos tenham uma vasodilatação reflexa que causa um edema (inchaço) no local. Esse aumento de volume faz com que a pele fique semelhante a uma "casca de laranja", pois as fibras que estão na transversal cedem enquanto as pontes fibrosas que estão na longitudinal repuxam a pele para baixo.
Suas causas são multifatoriais, dentre os fatores estão: obesidade (a celulite pode resultar do acumulo de gordura constituído essencialmente por ácidos graxos saturados), distúrbios circulatórios (insuficiência venosa, varizes e edema linfático oferecem condições ótimas para o início do problema), estresse, fumo, sedentarismo, maus hábitos alimentares, desequilíbrios glandulares e embora a hereditariedade seja um fator de risco, não é predominante para o seu aparecimento.
As principais regiões afetadas são: coxas, abdome, glúteo e braços.
 
Estágios ou fases da celulite:
Grau I (fase de congestão): breve, puramente circulatória, com edema intersticial. Necessita de compressão da pele ou contração muscular voluntária para que possa ser percebida.
Grau II (fase de infiltração): dilatação dos vasos e consequente infiltração de eletrólitos. As irregularidades cutâneas tornam-se visíveis a mudança de posição.
Grau III (fase de reorganização fibrosa): fase de nódulos, ocorre perda do limite dermo-hipoderme, com início das depressões visíveis em qualquer posição corporal, "aspecto casca de laranja".
Garu IV (fase de esclerose): é a fase de difícil reversão, com presença de macronódulos com fibras colágenas espessas, importante déficit microcirculatório e menor nutrição tecidual, "casca de nozes".
 
Aspectos:
Dura (consistente): dura ao tato, localizada nas coxas e joelho.
Edematosa: viscosa ou pastosa, geralmente dolorosa, edemas e fragilidade capilar.
Flácida: tecido esponjoso e flácido, pode ser dolorosa ou não.
Mista: mistura dos aspectos anteriores.
 
Por enquanto é só, no próximo post venho falar sobre os tratamentos para a celulite.

Alegria

Olá meninas, só passei para dar um oi e desejar à vocês uma semana cheia de dedicação, superação e ALEGRIA.


 
 

O suco da beleza

Que tal uma bebida que além de dar aquela energia, ainda ajuda a deixar nossa pele mais firme e bonita?
A receita é muito simples:
Fonte: Mundo Verde
Suco de 2 laranjas;
1/2 cenoura;
1/4 de beterraba;
1 colher de chá de linhaça dourada;
bata tudo no liquidificador e sirva em seguida com duas pedrinhas de gelo.
 
Obs: Consuma logo após o preparo, para que não haja perda de nutrientes.
 
 


Argila e seus benefícios


A argila é formada a partir da decomposição do solo, ocasionada por reações físico-químicas do meio ambiente, que, ao longo dos séculos, acumula minerais, como ferro, silício, manganês, titânio, cobre, zinco, cálcio, fósforo, potássio, entre outros. As argilas são um silicato minimizado, ou silicato de alumínio e diversos oligoelementos. Entre os minerais encontrados se destaca o silício, segundo elemento mais abundante na natureza. Sua carência produz uma desestruturação do tecido conjuntivo, com sinais de envelhecimento. Por isso a argila é também utilizada para finalidades estéticas.

A argila possui três propriedades fundamentais:
Absorção: a principal propriedade que lhe atribui a propriedade da maleabilidade; quando se mistura argila com água obtém-se uma pasta eficaz no tratamento de inflamações, edemas e inchaços.
Liberação: a argila tem facilidade para liberar elementos que fazem parte de sua constituição (ativos), sendo muito importante pelo seu efeito protetor e absorvedor de toxinas em vários órgãos, principalmente a pele e mucosas.
Adsorção: um processo físico-químico pela qual as argilas deixam passar moléculas, elementos gasosos e partículas microscópicas do meio ambiente e bactérias com o intuito de deslizaram para o interior da pele. Esse poder é muito grande e quase irreversível, tornando-se assim, muito útil na fixação de toxinas presentes no organismo para uma posterior eliminação das mesmas.
Fonte de minerais: Rica em ferro, sódio, potássio e silício, a argila ganha importância nos tratamentos estéticos. O silício, por exemplo, estimula a microcirculação da pele, auxiliando no processo de eliminação das toxinas, além de devolver brilho e elasticidade.
Hidratante: A argila também é considerada um bom hidratante. Usada sob a forma de máscara, deixa a pele lisa e aumenta a retenção de água. Aplicada nos cabelos, absorve as impurezas e revigora os tecidos, agindo como um renovador do couro cabeludo.
Tipos de argila
Argila Verde: melhora a circulação sanguínea periférica, atenua manchas, combate cravos e espinhas, controla a oleosidade da pele e é desintoxicante facial, capilar e corporal. Promove a esfoliação da pele, combate edemas, nutre os tecidos e absorve toxinas. Bactericida e cicatrizante. Indicada para pele oleosa.
Argila Branca: é a mais suave de todas. Promove aumento na oxigenação de áreas congestionadas, a uniformização pela esfoliação suave e regula a queratinização. Clareia manchas, reduz rugas e sinais de expressão. Combate cravos e espinhas e é desintoxicante. Reduz inflamações, aumenta a elasticidade e purifica. Indicada para peles sensíveis.
Argila Amarela: tem efeito tensor e ativador da circulação. Combate e retarda o envelhecimento cutâneo, nutre a pele sem ressecá-la e elimina o excesso de oleosidade. Purifica, hidrata, reduz inflamações e aumenta a elasticidade da pele.
Argila Vermelha: age como secativo, regula a microcirculação cutânea e é recomendada para peles sensíveis. Usada para reduzir medidas. Hidrata e fortalece a pele. Elimina o estresse e retarda o envelhecimento.
Argila Cinza: reguladora da seborréia capilar, clareia manchas e firma bustos, nádegas, coxas e barriga. É esfoliante, combate cravos e espinhas e retarda o envelhecimento da pele. Elimina inchaço e oleosidade.
Argila Preta: excelente agente rejuvenescedor. Tem ação antiinflamatória e anti-stress. Desintoxicante e adstringente. Melhora a circulação sanguínea periférica, ameniza manchas, é adstringente e contribui para a renovação celular. Conhecida também como lama negra. É rara.

Dica da esteticista: Faça uma máscara de argila branca misturada com água thermal, deixe agir por 15 minutos e  retire com água mineral ou filtrada e passe protetor solar. Sua pele vai agradecer.